BlogDicas

Como Fazer um TCC com Segurança?

O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é o projeto mais importante a ser desenvolvido pelo estudante universitário, realizado ao final da graduação. Para que ele seja escrito com segurança, é necessário seguir um conjunto de etapas que vão facilitar a escrita e aprovação do correspondente trabalhado acadêmico.

Como Fazer um TCC com Segurança?

Inicialmente, o aluno precisa gerar ideias a respeito do tema de seu TCC. Isto pode ser feito escolhendo-se uma subárea do curso que o discente mais gosta ou se identifica, afinal ninguém vai desenvolver um trabalho em algo que não goste (na maioria dos casos). Seguindo essa linha, o estudante pode buscar ajuda através de um professor que desenvolva projetos na área que o aluno tem interesse.

Como Fazer um TCC com Segurança?

O intuito é dar direção ao assunto que será a base da elaboração do TCC. Por exemplo, caso o estudante de Fisioterapia precise elaborar seu TCC, uma subárea interessante seria Fisioterapia Respiratória. Feito isto, o próximo passo é fazer buscas de artigos no Google Acadêmico de modo a especificar o tema. Com base nos artigos coletados e revisados, um possível tema pode ser “Fisioterapia Respiratória em Terapia Intensiva Pediátrica”.

Como Fazer um TCC com Segurança?

De fato, o estudante precisa levantar artigos, TCC e dissertações de mestrado, fazer leitura aprofundada para adquirir conhecimento e argumentar criticamente durante o desenvolvimento do TCC. Após, isso, o discente segue para a seção de Introdução, onde irá contextualizar o tema escolhido, verificar lacunas existentes na pesquisa, definir os objetivos e expor a justificativa do Trabalho.

Como Fazer um TCC com Segurança?

Na sequência, vem a seção do Referencial Teórico (Revisão de Literatura). Nessa fase o aluno vai descrever a fundamentação teórica da sua monografia, dividir o tema geral em subtópicos e consultar vários livros, artigos científicos e dissertações de mestrado, visando melhor embasar seu TCC. É importante destacar que essa fase é muito importante, pois evidencia quais aspectos tem sido abordado pela comunidade científica e “o que” o estudante fará de diferente no seu estudo atual.

Como Fazer um TCC com Segurança?

Feito isto, chega a hora da seção Metodologia. Nesse campo, o discente irá descrever, de maneira detalhada, os materiais (matéria-prima, equipamentos e acessórios) utilizados no desenvolvimento do estudo acadêmico bem como os métodos adotados. A pesquisa foi qualitativa ou quantitativa? Foi uma pesquisa aplicada ou exploratória? Envolveu animais e seres humanos? Foi um estudo experimental ou de campo? Tudo precisa estar bem descrito na correspondente seção, além de todas as etapas executadas.

Como Fazer um TCC com Segurança?

Na fase de Resultados e Discussões, o estudante vai expor tudo aquilo de relevante que ele obteve durante o desenvolvimento do seu trabalho, inserindo figuras e tabelas, descrevendo as variáveis estudadas e comparadas, quais melhorias ele propôs, reforçando a necessidade de discutir os resultados da melhor maneira possível para que os avaliadores identifiquem que o discente possui domínio do assunto.

Como Fazer um TCC com Segurança?

Na seção de Conclusão, o aluno vai fazer uma síntese geral do que foi estudado, destacar quais foram as principais respostas que ele conseguiu obter e apontar quais trabalhos futuros outros acadêmicos podem fazer para dar continuidade à linha de pesquisa correspondente ao TCC.

Como Fazer um TCC com Segurança?

Finalizado os elementos textuais do TCC, chega o momento de se concentrar nos elementos pré e pós-textuais que são capa, folha de rosto, resumo, sumário, referências, apêndices e anexos. Lembrando que todo o trabalho precisa estar de acordo com as normas ABNT, logo revisar tais documentos é fundamental para entregar o TCC bem escrito e estruturado para o orientador e demais membros da banca examinadora.

Como Fazer um TCC com Segurança?

Uma vez entregue a parte escrita da monografia para os avaliadores, é hora de se concentrar em preparar a apresentação do TCC para a defesa, que já está com data agendada. Os slides precisam conter pouco texto (apenas o necessário) e mais elementos que explorem a visualização, como por exemplo figuras e tabelas. Um padrão é considerar que cada slide leva 1 minuto na defesa, logo coloque a quantidade que seja compatível com o tempo de apresentação. Treine o máximo de vezes que puder, pois te dará segurança no momento da defesa além de domínio do tema. Utilize uma roupa adequada e respire fundo, afinal vai ser um dos dias mais importantes da sua vida.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo